PUXA BEM, MAS PUXA BEM MESMO

corujao

Momento firma: ok, sempre falo sobre sapas aqui mas é inevitável comentar sobre o ser chamado PATRÃO. O chef é assim, grande, forte, várias idéias, hora mal humorado, hora mal humorado também e sobretudo um subordinado muito do engomadinho, tipo fofo. Ele deseja um dia cheio de lírios para os diretores e está sempre pronto para passar a madrugada – e carregar sua equipe – para adiantar um trabalho extra que talvez nem exista. Mas nada, nada, nada, nada, nada NADA NADA NADA como o prazer de puxar bem gostoso o saco do superior. Então ele é assim, coloca a camisa, abotoa, alinha e ajeita a gola… ou seja, ELE DE FATO VESTE A CAMISA, inclusive a de força. O ápice dessa história é querer instalar o corujão na firma para informar o superior sobre qualquer dado, estatístico ou não, que possa mudar os rumos da empresa, da sociedade, do setor financeiro ou de uma descarga. É isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: